A mineira Daniela Santos Teixeira, 46 anos, formada em administração, com especialização em comércio internacional, mora há sete anos em Dublin, na Irlanda. Desde bem menininha ela já sonhava em trabalhar com comércio internacional e queria morar fora do país, conhecer outras culturas. “Sempre quis sair do Brasil”, conta. E foi com 23 anos que ela teve sua primeira experiência. Fez um intercâmbio de um mês na Espanha com os alunos da sua faculdade. “Lembro que eu não queria voltar de jeito nenhum”, recorda. Este sonho se intensificou mais ao ver sua irmã mais nova ir para a Alemanha, anos depois, para ser aupair.

E  Daniela continuou sua vida no Brasil, estudando, trabalhando, em Belo Horizonte, mas sempre alimentando o sonho antigo. Anos depois foi para a Alemanha, também como aupair e morou lá por um ano, mas não conseguiu ficar. Chorou muito nesta época, mas juntou suas forças e prometeu a si mesma que voltaria para a Europa.

Chamada de louca por querer fazer intercâmbio

Passado alguns anos, já com 39 anos, foi chamada de louca quando disse que iria deixar tudo para trás e se matricular num intercâmbio. Ela iria para Dublin. “Eu queria ir para a Europa e a Irlanda era o destino mais fácil para estudar e trabalhar. Todos me chamaram de louca por causa da minha idade. Mas mesmo assim fui embora do Brasil, fui para casa da minha irmã, Mariana, na Alemanha, a pessoa que mais me apoiou. Foi em novembro de 2014 e em janeiro de 2015 eu desembarquei em Dublin”, conta a mineira que com dois meses de intercâmbio já conseguiu um emprego e hoje é grande executiva de uma escola de idiomas e CEO da SEDA Executive Education, escola executiva de MBA e cursos executivos no Brasil, empresa do SEDA group.

Intercâmbio: crescimento profissional e pessoal

Daniela afirma que o intercâmbio deu uma nova chance para sua vida. “Nos dá muito aprendizado, é algo gigantesco. Nós saímos da zona de conforto, o que para maioria é um pesadelo, mas para quem sabe aproveitar ganha em maturidade, em independência, em qualidade de vida e principalmente, em vida. E a diferença de ter uma idade mais madura é exatamente de juntar sua experiência de vida se saber o que quer e o que não quer, é ter foco. Pois as experiências são diárias, os aprendizados, então, nem se fala. Desafios básicos como encontrar uma casa, fazer amigos, arrumar trabalho. Viver experiências novas, e ter que começar literalmente do zero, aprendendo uma nova língua. E descobrir mesmo os seu limites em tudo e superá-los. E disso depende a sua estadia, o seu crescimento profissional e pessoal”.

Mineira conseguiu trabalho com dois meses na Irlanda

Ela começou a trilhar o seu caminho profissional na Irlanda, com dois meses na Ilha Esmeralda. “Diferente de uma maioria, não conhecia ninguém e a vaga na SEDA surgiu após eu perguntar se tinha vaga para mim e acredito muito que consegui por ter apresentado um currículo de anos em vendas, além, claro, do diretor do marketing ter notado quando resolvi um problema de forma tranquila e ele gostou disso. Apareceu a oportunidade e o que fiz foi entrar com toda a minha garra”.

“Após alguns desafios, me tornei a melhor vendedora do time todo Brasil e Irlanda por um período de quase três anos e acabei recebendo o desafio de criar do zero e entrar como sócia-diretora da SEDA Executive Education. Hoje uma escola executiva no Brasil, especializada em CX- Customer Experience, com sede em São Paulo, e a única no Brasil a ter maior certificação em CX através da CXPA – Customer Experience Professionals Association”.

Com seu companheiro de vida Derek num dos cartões postais da Europa

A executiva também se tornou a coordenadora do polo Dublin, de uma faculdade EAD, Unigran, que é representada pela SEDA na cidade irlandesa. “Também faço parte do time de marketing da própria SEDA College”, afirma a executiva que tem seu visto de trabalho e agarrou com unhas e dentes as oportunidades que surgiram pela frente. “Sou bem grata ao diretor da SEDA e meu sócio Tiago Mascarenhas, que acreditou em mim e viu um potencial além do que eu fazia”.

Segredo do sucesso é manter o foco

Mas quem vê a executiva agora, toda resolvida, com vários empregos, vida estabilizada e confortável, não sabe que ela superou muitos obstáculos. No início vendi pão de queijo para pagar aluguel, mas o mais difícil foi sem dúvida acreditar que tudo daria certo e não parar. Manter o foco sem saber no que ia dar, enfrentando todos os obstáculos. Sem contar com a parte de moradias, de acostumar em dividir casa com pessoas diferente, de outras culturas”, afirma ela que não pensa em voltar para o Brasil. “Tenho minha vida estabelecida aqui, meu companheiro Derek (que encontrei com seis meses de Irlanda ), meus amigos e minha vida toda”.

Daniela falou do seu dia-a-dia em Dublin. “Com a pandemia trabalho em home office ainda e tem sido bem tranquilo. Minhas manhãs dedico a SEDA College e a parte de tarde e noite ao MBA e a faculdade”. Ela aconselha quem quer vir para a Irlanda. “Aqui se compensa viver, desde que você consiga estabelecer prioridades. Você deve estruturar sua vida para ter o mínimo, como um plano de saúde, um conforto que te faça feliz e, poder, claro, desfrutar da vida como viajar, ir ao Brasil ver família e amigos. O que nem sempre no inicio do intercâmbio e possível, mas com o tempo, sim”.

Muitos planos pela frente na Ilha Esmeralda

E após um crescimento incrível em 2021, os planos de Daniela são muitos para 2022. “Além de novos projetos para 2022 é expandir cada vez mais a SEDA Executive , que está abrindo a filial no Paraguai, agora em janeiro e tem plano de mais dois países até julho, Em 2022 o plano é trabalharmos a América Latina, abrindo novos mercados e oferecendo a mesma qualidade de cursos que oferecemos no Brasil. E, claro, desenvolver novos projetos com a SEDA College, abrindo novos desafios”.

 

Quer saber mais sobre intercâmbio? Ver mais histórias bacanas de brasileiros que foram em busca dos seus sonhos?  Deixe seu e-mail  ou WhatsApp clicando aqui

 

Leia mais

Sem falar inglês, paulista muda para Irlanda, abre pizzaria e faz sucesso

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

*